Manifestante indígenas descumprem ordem e voltam a interditar e cobrar pedágio na BR-36409 de Maio de 2018

Manifestantes indígenas descumpriram uma ordem judicial, interditaram um trecho da rodovia BR-364 e ameaçaram uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Comodoro (643 km de Cuiabá). A situação foi registrada no último final de semana depois que um acordo de liberação definitiva da estrada foi firmado durante reunião entre a polícia, FUNAI, lideranças indígenas e oficiais da Justiça Federal na última quarta (02).


Na ocasião, os índios foram informados da decisão judicial e dos avanços no atendimento as reivindicações, especialmente quando às melhorias no atendimento de saúde e nas estradas das aldeias. De acordo com a PRF, no último dia 02 de maio, fez cumprir decisão judicial expedida pela 2ª Vara Federal de Cáceres em favor da desobstrução da via pelos índios da etnia Nhambikwara.

Porém, ainda que atendidas as reivindicações, desde a última sexta (04), cerca de 60 índios voltaram a bloquear o trânsito, no km 1243 da BR-364, em Comodoro/MT, com cobrança de “pedágio”, contrariando a liminar da justiça. A Polícia informou ainda que os manifestantes usam crianças e mulheres a fim de evitar medida mais enérgica da polícia. 

No domingo (06), a equipe da PRF que está acompanhando as ações dos manifestantes foi recebida maneira hostil no local da interdição. Os índios ameaçam policias com flechas e utilizam-se de mulheres e crianças para impedir uma ação mais enérgica dos profissionais. 

O policiamento no trecho foi reforçado a fim de evitar conflitos e acionado o Ministério Público Federal (MPF), a Advocacia-Geral da União (AGU) e a FUNAI para que seja cumprida a  decisão judicial e cessada a prática. 

 

Por: Olhar Direto